Coração Galáctico
Por Amanda Lorence

No estado desperto e desperto, conhecemos o AMOR. Podemos sentir sua energia, podemos nos render a ela ou optar por resistir a ela, mas ela está sempre, eternamente presente.

À medida que nos tornamos uma frequência energética cada vez mais alta (Hz), com uma forma humana, incorporamos, nos tornamos, cada vez mais essa força de energia que chamamos de “AMOR”. O que foi sentido como AMOR em nosso estado humano anterior, SEMPRE evolui, se torna mais. Por isso, incorporamos MAIS graus (poder) de AMOR. Estamos incorporando mais energia do Criador, antes que ela se divida em facetas da Luz. AMOR é a energia de Deus / Fonte / Criador.

AMOR é uma energia. Não é finito em sua força. Recebemos mais dessa energia, mais nos tornamos capazes de absorver mais dela, através de SER como a nossa frequência energética escolhida. Quanto mais alto o Hz humano energético nos tornamos, mais energia do Criador (chamamos de AMOR) nós absorvemos. Então, o que é o AMOR, como uma idéia ou conceito humano, se torna conhecido dentro de nós em graus cada vez mais finos, conforme incorporamos, camada após camada da compreensão do “AMOR”. Nós nos tornamos essa energia cada vez mais, para nós mesmos e todas as coisas.

Nosso corpo e mente se tornam um recipiente aberto para a energia da Fonte do “AMOR” percorrer, expressando OUT. O AMOR não se apega, ou possui, flui como o rio. Assim como as águas de um rio, o AMOR dá suas águas aos que conhecem e aos que não sabem, aos ricos e aos pobres, a todos os credos, aos saudáveis ​​e aos doentes, a todas as idades, a todos os reinos, de maneira igual e sem esforço. Pois, assim como a água toca qualquer coisa, o AMOR flui, assim não discrimina o que ele dá.

AMOR dá, porque é ASSINATURA ENERGÉTICA é projetado para expressar OUT. Este é o FLUXO natural, o design de todos. Um ser esquecido, que escolhe não dar amor a si mesmo por dentro ou a si mesmo sem (vocês são todos), resiste à própria força que É e volta a se tornar. Até que ele se renda dentro de sua própria linha do tempo.

O AMOR é a energia da força responsável por residir dentro e por trás do EBB e FLUXO naturais de toda a criação. Ele reside dentro de cada ritmo e vibração. É a força dentro da respiração IN e da respiração OUT, e o ESPAÇO entre cada respiração. Está dentro de todo microcosmo e marcrocosmo. É a força sobre-residente, vista e invisível, de TODA a criação.

À medida que evoluímos, retornando à energia que sempre fomos, somos e devemos ser, evoluímos nossa conexão com a energia do AMOR. Não mais ocultos por dentro, permitimos que a expressão OUT, porque é o nosso Estado NATURAL de SER. O que talvez tenhamos escolhido ocultar (pensar pela mente ocultar é salvaguardar nosso Amor), evolui para sentimentos mais fortes que não podem mais ser ocultados. Essa força evolui para palavras ditas por AMOR. No entanto, há muito mais amor por ser. Expressamos nosso amor através do toque, mas também há mais do que a bela expressão do toque como AMOR. Quanto mais alto subimos em Hz, mais expressões do AMOR como força de energia são CONHECIDAS conscientemente por nós DENTRO. Por isso, expressamos PURER e, portanto, mais potente, AMOR energia, cada vez mais perto de sua forma de ENERGIA para o estado mais puro do ser. Tornamo-nos mais conscientes, e mais capaz de EXPRESSAR a energia do criador, OUT. Como corpo ENERGÉTICO Consciente (espírito), utilizamos a embarcação humana e são cinco sentidos para navegar no mundo de forma sólida. No entanto, como a ENERGIA do nosso corpo espiritual, como o amor mais puro, podemos emitir AMOR àquilo que vê e ao que ainda não vê.

O amor é uma energia que sentimos em graus maiores e mais profundos. No entanto, ele foi projetado para ser expresso em OUT. Ao sentir isso, somos incapazes de contê-lo a longo prazo. Será expresso OUT. Ao expressar o OUT, em sua forma mais pura, estamos criando energia, em nossa própria consciência, na vigília e na lembrança do que somos. Onde sabemos, vemos, percebemos, que a criação inconsciente vem apenas da mente. A Criação Consciente está em UM com o coração, em UM com o Criador. Nosso retorno ao SER natural, que é UM, com o FLUXO sempre presente de nenhum “tempo”. A criação consciente nasce do amor.

Deixar que o amor o guie, libera a mente.

One Love,
Amanda Lorence
7 de setembro de 2019

******

LoveHasWon.org

Siga e Curta a Página