Minhas Poesias

A ciranda do amor!

Veja o som Sinta o cheiro Ouça o gosto Escute a beleza Tudo se revira Quando somos nos mesmos Os poetas Os guias Da embarcação não mais perdida Agora encontrada Dentro do mar De nossa morada Cultivada agora com carinho Encontro de passarinhos Cotovias Colibris E todos os beija-flores! Todos saboreando Nosso interior Agora exalamos...

Sobre as poesias!Aviso!

Aos fãs da página venho comunicar, que as poesias postadas recentemente neste site, foram escritas durante a minha juventude e decidi arquivar no Blog. Não foram feitas recentemente não. Somente coloquei á disposição do público porque são genuínas e emitem boas vibrações, muitas são infantis! Portanto coloquei no blog para despertar boas sensações e também...

Os olhos da Pantera!

Os olhos da Pantera! Tão lindos que só ela! Invadem meu coração Transformam Que todo possam sentir Como eu aqui! Pantera quero ser! Ser pantera Amando… Um tantão assim! Com a coragem A defender os meus Todos corações unidos A buscar a justiça Irradiando energia Para que os que não conseguem Entender que podem também...

Venho vos dizer

Venho vos dizer Que só a maturidade Reconhecimento das atitudes Complexos nervosos Mentes inquietas Tudo se alternando Nascendo Novamente E renascendo A cada volta No mundo Encontrando Dentro de cada finito Infinitamente Imensidão Autoria: Denise Castelo www.coracaogalactico.com.br

Neblina

Neblina passada A ferro Com jeito Matreiro de ser Virou chuva Inundando o meu ser Autoria: Denise Castelo www.coracaogalactico.com.br

Acordei!

Escutei uma menina Voando Nas coisas minhas Tinha o sorriso Fofo como a terra E lapidou meu coração Hoje sou facho Rio Canção Autoria: Denise Castelo www.coracaogalactico.com.br

Paradoxos da Existência!

Eu viajo Eu transformo lágrimas Feitas em cor Ator Palhaço Da vida Jogada No amor Ou na dor E hoje aqui estou Exilada por amor Feitiçaria tua Usando toque de beija-flor Vivendo Bebendo redemoinhos Vento duradouro Para uma alma pegajosa Montando as cenas Decorando as listras Do meu coração Exilado Exilado seguindo Hora vem Matutar...

Você evoluiu!

Você abriga Rara morada Que abriga Raras águas Que inventa E samba o quero Que alimenta o eu sou E tudo passa Tudo sempre passou Exceção É você meu amor Que nenhuma brisa Nem um vento Deixou de tornar Não galopou Simplesmente Evoluiu! Autoria: Denise Castelo www.coracaogalactico.com.br

Cor que os olhos não podiam ver!

Vibro de alegria Em busca de nostalgia Prefiro um lugar aconchegante Onde eu posso me proteger Onde eu possa Construir o meu ser Sempre a vislumbrar O dia em que chegaras Uma voz de mansinho a soprar E devagarinho vou chegando Com meus projetos Meus sonhos E a voz me guiara Em direção mais uma...

Pequeno Príncipe!

Meu cérebro Deu pane Quebrei a asa direita E a esquerda também Eu sei que continuo voando Mas vai ser por pouco tempo Ainda tento me reeguer Mas sera inevitável E eu com certeza morrei com a queda Ou talvez encontre Um pequenino De cabelos dourados Quero ajudar o menino Ou sera que é ele...

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial