Coração Galáctico

Saber viver é uma arte, e como toda arte, é preciso de olhares humanos a admirá-la e contemplá-la. A busca da felicidade pelo homem, passa pela construção de sabedoria. Portanto, se ser feliz é uma escolha, a sabedoria é a uma construção feliz, que resulta de escolhas sábias e que priorizarão nosso bem-estar, atingindo todos a nossa volta, pois nos tornaremos exemplos. O primeiro passo para desenvolvermos a sabedoria, é nos conectarmos ao nosso mestre interior, como abordei no meu último texto: ”Conecte-se com o seu mestre interior. Ouça-o por meio da sua intuição…”, disponível para leitura, aqui no site O Segredo.

Todo tipo de arte é marcado por três elementos principais de conduta, para ser possível a sua concepção, ganhando vida além da mente do artista. A primeira é a idealização. Nessa fase a arte é simplesmente desejada em nossa mente, onde temos em primeiro lugar a vontade de trazê-la á vida, e onde ela já existe inicialmente, ou pelo menos a ideia dela, sem um esboço aqui do nosso plano físico. A segunda é a fase de “colocar no papel”, como se diz, o que veio primeiro á mente. Nessa fase fazemos rascunhos, anotamos ideias, fazemos maquetes… enfim o que acharmos necessários para na fase três, finalmente conseguirmos ver e admirar a nossa arte, a arte idealizada por nós, através do processo de concretização, que é a última fase, quando podemos nos deparar com dificuldades impensadas, nas fases um e dois.

Qual o segredo do sucesso? Um constante reinventar-se. Quando eu entendo e conduzo a minha vida, simplesmente com essa consciência de que ela é uma arte, e então é preciso saber viver, mas perto estou do encontro com a minha felicidade. Quem já descobriu esse segredo feliz sobre a vida, toma melhores decisões e se esforça para reconhecer os sinais que o Universo lhe envia. Viver assim, é viver na certeza de que, sendo o Criador, o maior artista que existe, toca a todo momento nosso coração, na esperança de que, quando nos conectarmos o suficiente com a sua energia divina, seremos capazes de perceber e entender os sinais que ele nos envia. Bastando para isso a conexão! O start! Cabendo a mim atrair toda a felicidade que desejo em minha vida, através da elevação da minha vibração, que é o que fará com que as minhas melhores escolhas, cheias das mais lindas intenções, possam nascer e florescer no jardim do mundo! Se chegarmos ao final de nossa vida, e verificarmos que muitos dos desejos que tínhamos não se realizaram, mas fizemos nossa parte interna em relação a eles, simplesmente entenda que, por razões maiores do que podemos no momento compreender, existiu um motivo maior para que esses desejos não se concretizassem, e se você acredita em uma vida além dessa vida aqui, certamente tem a fé na certeza de que as respostas virão.

Saber viver é saber se conduzir pelos trilhos da vida, dosando nossas escolhas, para que as consequências possam levar á concretização dos nossos sonhos. Sonhos estes que são consequências de nossos dons, construção de nosso esforço e dedicação, ao longo não somente desta, mas de outras vidas. E independente do que você acredita, consegue verificar, que se existe consequência, existe portanto uma causa.

É necessário que não nos esqueçamos, de que toda a felicidade que sempre buscamos, como um ideal na mente, não passa de uma escolha, uma postura em que me coloco em relação a minha própria vida. A vida certamente é feita de altos e baixos, e não importa se estou escalando ou se estou escorregando nesta subida da montanha! Pois o segredo para uma vida feliz, é saber levá-la com alegria, nunca se esquecendo de não a levar muito a sério! É preciso rir! Rir de si mesmo! Essa alegria ajuda a elevar a nossa vibração, então consigo ver os sinais mais facilmente! Ou seja, perceber as respostas que eu procurava, enviadas pelo universo em minha direção, simplesmente porque, eu dei a abertura necessária para que isso pudesse ocorrer! É preciso saber viver! É preciso colocar um sorriso no rosto, na compreensão que tudo aqui é passageiro, tudo é mutável! Não existindo sofrimento eterno. Ter consciência disso, ajuda-nos a valorizar os bons momentos da vida, sabendo aproveitá-los com sabedoria. Assim como canta Ana Vilela, “ a vida é trem-bala parceiro e a gente é só passageiro prestes a partir’’! E somos mesmo! Ser feliz exige que entendamos a nossa vida, como a arte que ela é! A vida de cada um, de tão rica, poderia virar uma obra de teatro, um livro, um filme, uma canção! Saiba valorizar a sua vida sendo grato (a), por tudo aquilo que ela foi capaz de ensinar a você! Como ator principal da sua vida, faça boas escolhas, escolhas maduras e ah!, nunca se esqueça que qualquer tristeza se dissipa, quando como verdadeiros protagonistas, ganhamos consciência de que a felicidade está em nossas mãos, cabendo a cada um decifrar a arte de saber viver! As coisas passam a ser mais simples, quando não as complicamos! Assim como toda arte, tem a sua beleza, a forma como enxergo meus desafios, será o norteador das possíveis consequências. Colocando-me em uma postura pacífica, amorosa e receptiva, diante da situação apresentada, por mais difícil que ela possa aparecer, deixando o amor ser o guia, a minha intuição pode então agir e me levar a uma maneira mais satisfatória de encontrar uma solução. No final da grande viagem, você poderá até dizer:  “Realmente valeu a pena viver! ’’, mas por enquanto o presente é tudo o que há neste agora! Não o desperdice! Portanto viva com a plena consciência de que, o Universo sempre conspira ao nosso favor, quando somos donos das melhores intenções, e tudo em nossas vidas, quando temos consciência disso, ocorre para um bem maior, só não se esqueça de que este bem maior, está incluindo também o bem-estar do coletivo, ou seja a humanidade. Portanto como eu disse, as respostas virão, assim como novas correntes de vento sempre chegam! Os melhores ventos! Sorria para a vida, e ela sorrirá a você!

Namastê (O Deus que há no meu coração, saúda o Deus que há no seu coração)

Denise Castelo Nogueira

Siga e Curta a Página